Umas palavras sobre Tancredo

Publicado: 08/03/2010 em História e Política
Tags:, , , ,

Cabem aqui algumas palavras sobre o Dr. Tancredo, no mês do seu centenário. É bom quando comemora-se centenário de nascimento. Os de falecimento também são notáveis, como no caso do também ex-presidente brasileiro Affonso Penna, o Tico-Tico, que completou o centenário de falecimento em Junho de 2009. Foram estes que citei dois homens que lutaram para melhorar o Brasil. Affonso Penna faleceu quase um ano antes do nascimento de Tancredo Neves, e tal qual este, aquele era um incansável homem que trabalhava pelo Brasil.

De Vereador em São João Del Rei a Presidente da República, a vida de Tancredo Neves foi literalmente doada ao Brasil. Não apenas nos ultimos momentos, que todos conhecemos, onde ele lutou para não ser operado até a posse, com medo de que os militares não passassem a faixa presidencial ao vice, José Sarney, Tancredo esteve presente nos momentos mais cruciais da história do Brasil. Foi um abnegado Ministro da Justiça, que ficou até o último momento ao lado do Presidente Getúlio Vargas; Um dos maiores articuladores da posse de João Goulart, estabelecendo o regime parlamentarista e se tornando primeiro-ministro; Foi contra o seu amigo, Marechal Humberto Castelo Branco, na eleição indireta que o elegeu o  primeiro presidente militar do período que viria a ser conhecido como “Ditadura Militar” no Brasil; Amigo e parceiro do “velhinho” Ulysses Guimarães, na luta pela redemocratização do Brasil; Deputado, Senador, Governador de Minas Gerais… Enfim, Tancredo doou toda uma vida pelo nosso país. Merece estar ao lado de Tiradentes no livro dos Heróis da Pátria.

Um homem que amou tanto a vida, que certa vez brincou que queria que escrevessem em seu túmulo “Aqui jaz, muito a contragosto, Tancredo de Almeida Neves”. Mas que não viu esta vida passar passivamente, mas lutou e fez acontecer. Tancredo Neves não é apenas um herói da nossa pátria, mas um exemplo de homem público realmente comprometido com o ideal que norteou sua vida. O bastião da liberdade nasceu no estado que mais representa esta liberdade, e sob seu manto se cobriu, levando esta ideia para todo o Brasil.

Vida eterna à Tancredo Neves, por Minas e pelo Brasil!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s