Finalmente: Adeus Bush!

Publicado: 20/01/2009 em Política Internacional
Tags:, ,

Bem leitores,

Daqui dez dias teremos uma das mais disputadas eleições internas no Congresso Nacional Brasileiro, mas hoje é dia de comentarmos sobre a posse do Presidente Barack Hussein Obama, Dos Estados Unidos da América. Afinal, como muitos estão conclamando mundo afora, é a mais emblemática posse de um Presidente. Porque ele é o primeiro negro a chegar ao poder em um país reconhecidamente racista e segregador, mas também porque Obama representa uma mudança que o mundo espera desde a derrocada da URSS.

Muitos vão fazer questão de apagar o “governo” do Presidente George Walker Bush de suas memórias. Foi, sem dúvidas, o governo mais desastroso, tanto do ponto de vista bélico quanto do econômico. Bush usou os atentados de 11 de setembro de 2001 como pretexto para uma vingança familiar contra o Presidente Saddam Hussein, que vencera seu pai, o então Presidente George Bush, na primeira incursão americana pelo Iraque, em 1991. Caçou o terrorista Osama Bin Laden aparentemente como fachada, já que nunca conseguiu colocar as mãos em tal figura, que caminham lépido e fagueiro nas montanhas de Tora-Bora, no Afeganistão, reorganizando a milícia Talebã.

Um presidente que não foi eleito. Para muitos, Os oito anos de Bush (2001-2009) podem ser lidos como anos de vacância. Bush venceu uma eleição bastante controversa em 2000, derrotando o então Vice-Presidente Al Gore, numa votação conflitante na Flórida. O Presidente Bush fez da pujante economia dos Estados Unidos um verdadeiro caos, justamente para agradar os magnatas do petróleo e da indústria bélica, jogando todo o país contra uma guerra ridícula e inexplicável contra “o terror”.

Essa temporada americana de guerras, explicadas nas Relações Internacionais com a famigerada doutrina Bush, serviu para mascarar, até onde conseguiu, a deplorável condução da economia dos Estados Unidos, permitindo a festa desregulada que os bancos fizeram com empréstimos sem avaliação prévia, gerando uma bolha que, felizmente, estourou ainda no colo de George W. Bush, ainda que a solução dependa do Superman Obama, que de homem-de-ferro não tem nada. É apenas um homem normal, que terá a dura missão de conduzir a terrível herança deixada por George W. Bush.

O problema é que os Estados Unidos não é um país como Argentina, Bolívia, Tanzânia ou mesmo o Iraque e o Afeganistão. É um Global Player. O que acontece lá tem reflexos em diversas partes do mundo. Qualquer crise financeira dos norte-americanos tem desdobramentos incríveis pelo globo terrestre. Governar esta nação exige preparo e inteligência. Não é para qualquer um. Os Estados Unidos não é um Estado que quebra com tratados internacionais (quando assinam). Existe responsabilidade. Ao menos deveria existir.

E o Presidente George Bush negligenciou esse papel importante dos Estados Unidos perante o resto do mundo. Enquanto brincava de invadir O Iraque pra matar o “lobo mal”, Bush se esqueceu que seu próprio país, seu próprio povo, precisava de ajuda. Mas não, lá se foi o Presidente dos Estados Unidos da América se meter em problemas dos outros, cuja participação dos Estados Unidos se resumiu durante anos ao papel de financiador da pobreza, fazendo com que as coisas ficassem demasiadamente desesperadoras até chegarmos ao ponto do povo se revoltar, e então ficarem conhecidos como o “eixo do mal”.

Este é o desafio maior de Barack Obama. Quem precisa do novo presidente são os norte-americanos, e não os iraquianos, afegãos, judeus ou palestinos.Todo o mal, toda guerra que existe no mundo tem o dedo intrometido dos Estados Unidos, enquanto o americano médio, que nem se interessa por política (o que é um erro, diga-se de passagem) sofre por ter sido iludido pelos grandes bancos ao ponto de não mais conseguir honrar suas dívidas.

Que venha Obama, e que com ele chegue uma nova era para os Estados Unidos, e para o mundo inteiro! Assim seja.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s