A vergonhosa realidade brasileira!

Publicado: 11/01/2009 em Política Nacional
Tags:, ,

O texto que vocês vão ler abaixo é de autoria do Sr. Marcelo Del Debbio, postado no blog Sedentário e Hiperativo, que descreve com bastante propriedade o que acontece hoje com nosso país. O mais vergonhoso de tudo isso é que os brasileiros se preocupam muito mais com quem vai ganhar o novo BBB do que com o plano do Palácio do Planalto de fazer de Dilma Rousseff a nova Presitenta do Brasil.

Segue abaixo:

Sedentário e Hiperativo

Olá crianças,

Estava pensando se ia postar ou não o currículo da provável nova presidENTA do Brasil (teve gente que achou que o Leo Cardoso estava “imaginando conspirações” quando mencionou das manobras de semiótica pagas com o dinheiro público para acostumar o curral com uma presidenta) mas uma notícia da folha a respeito de mais uma das palhaçadas deste (des)governo me convenceu a ir em frente.
Veja o curriculo, depois continue a ler…

 

Suplentes ganham sem trabalhar
Por um mês na função, 13 suplentes de deputados federais vão receber cerca de R$ 46 mil, cada um. Eles assumiram o lugar de parlamentares que ocuparão outros cargos públicos e deixam o cargo no próximo dia 31, quando se encerra a atual legislatura. Durante todo o mês, o Congresso estará em recesso.

Além dos 13 deputados que ficarão um mês no cargo, outros 11 suplentes também tomam posse este mês, mas seguirão nos cargos em fevereiro.

A maioria dos suplentes substituirá deputados que foram eleitos governadores e vice-governadores ou nomeados secretários nos Estados.

Mesmo com o Congresso em recesso, os deputados empossados receberão todos os benefícios de um parlamentar. Direto para o bolso deles vão R$ 46 mil, entre salário, verba para manutenção de escritórios nos Estados, auxílio-moradia e despesas com correio e telefone.

Cada deputado ainda poderá usar R$ 50 mil para contratação de pessoal para trabalhar em seus gabinetes. No entanto, a maioria do recém-empossados não pretende alterar as equipes dos seus antecessores.

O deputado Carlos Lapa (PSB-PE) é um dos 13 beneficiados. Ele ficou com a vaga de Eduardo Campos (PSB), o novo governador de Pernambuco.

“Dá para fazer muita coisa em um mês. Quero apresentar oito projetos. Estou encaminhando ofícios para a duplicação de uma rodovia e para a instalação de um campus universitário na cidade de Carpina.” Como o plenário não está funcionando neste mês, porém, o deputado não poderá apresentar os projetos que promete.

Lapa disse que não pode abrir mão dos benefícios, pois “está tendo muitos gastos”. “Preciso do auxílio-moradia, pois estou morando em um hotel. Além disso, vou viajar para o Estado”, disse.

Outro da lista é Fernando William (PSB-RJ), que ocupará a vaga de Alexandre Santos, nomeado secretário do governo de Sérgio Cabral (PMDB). William também terá um cargo no governo Cabral, mas preferiu adiar a posse. “Pedi para assumir só no começo do mês que vem, pois tinha de assumir meu mandato em Brasília. Ainda não sei quais benefícios terei, mas sei que são direitos previstos pela Constituição.”

Osório Adriano (PFL-DF) assumiu o posto do governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda. Dono de um patrimônio de R$ 66 milhões, disse que não assumirá o mandato por dinheiro. “Vou tomar posse, mas o Congresso está em recesso. Por isso, vou descansar um pouco e ajudar o Arruda no começo do governo dele”, disse ele, que a partir de fevereiro assumirá como suplente de Alberto Fraga (PFL-DF), nomeado secretário de Transportes no governo Arruda.

(Folha de S. Paulo)

Como o Phillipe, do sensacional Mundo Gump, falou:
Cada suplente convertido em parlamentar vai mamar do nosso dindim 98.500 reais (o salário mais regalias). Trabalho? Que isso? Eles estão de férias. Isso representa R$ 1.189.500,00 reais só pra esses 13 suplentes NO MÊS.

Além de receber 15 salários de R$ 16,5 mil, os deputados têm direito a uma verba de gabinete de cerca de R$ 60 mil para contratar funcionários e à verba indenizatória de R$ 15 mil mensais – para gastos com o mandato no Estado de origem, como gasolina e aluguel de escritório, entre outros.

Agora quando você ouvir falar que o Brasil não tem grana para hospitais, educação, escolas, pesquisas, infraestrutura, estado laico e outros investimentos estratégicos, já sabe porque.

Marcelo Del Debbio
O mais triste de tudo é saber que a maioria das pessoas que lêem este post, ao invés de se indignar, devem estar pensando no que fariam com o dinheiro se tivessem acesso a esta “mamata”. Quando a gente posta delicinhas rebolando, idiotas caindo de cabeça e piadas de peido, nossos posts são kibados por toda a internet. Vamos ver em quantos blogs este post vai repercurtir…

Vamos acordar Brasileiros! Depois não reclamem que “todo político é corrupto”, pois é sempre o eleitor quem coloca essas figuras para representá-lo e decidir por ele.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s